Cinema, Uncategorized

Filmes: Thor – O mundo sombrio

Movies_Thor_the_dark_world__Loki_in_ruins_046408_

Ontem vimos Thor – O Mundo Sombrio [7,7/10 no IMDB], segundo filme solo do mitológico deus nórdico da Marvel.
Sim, deus nórdico, prefiro esse conceito a opção adaptada para as telas, em que os asgardianos são apenas extraterrestres poderosos que vivem 5 mil anos. Mas é só um detalhe.
Excelente filme, onde mais uma vez Loki, o irmão treteiro do herói rouba a cena. Que personagem!
Nos gibis, sempre gostei de sua postura sarcástica, seus truques sujos (e inteligentes!), sua maldade empostada.
E nos filmes o deus da trapaça não deve em nada para o original das HQs. Sempre que Tom Hiddleston está em cena, podemos esperar vilania em seu grau máximo.
Achei esse filme melhor que o primeiro principalmente por mostrar bem pouco da Terra, e nos apresentar todos os outros reinos.
Quando a ação se desenvolve na Midgard, é difícil não lembrar dos tokusatsus como Jaspion, Changeman e Power Rangers.
A cena pós-créditos apresenta Guillhermo del Toro como o Colecionador, recebendo mais uma jóia para sua coleção. Aposto que terá papel importante na vinda de Thanos com a Manopla do Infinito, uma arma que junta as Jóias do Infinito e dá ao portador a capacidade de moldar a realidade!
Enfim, o filme do Poderoso Thor deixou o universo Marvel nos cinemas em um ponto interessantíssimo para a próxima aventura dos Vingadores!

Como curiosidade, o Ramon Vitral juntou no link a seguir todas as cenas pós-créditos, algo que já virou marca registrada dos filmes da Marvel – no segundo Thor, são duas!

Todas as cenas pós créditos dos filmes Marvel.

Standard
Cinema, HQ

Filmes baseados em quadrinhos de 2011 parte 1

Há algum tempo os estúdios notaram que os quadrinhos tem personagens com apelo universal, boas histórias e uma base de fãs que garantem senão boas bilheterias, pelo menos divulgação e muito barulho quando do lançamento dos filmes.
2011 especialmente trará 4 megaproduções que deixam os nerds e aficcionados em polvorosa.
Lanterna Verde tem sido criticado nos círculos nerd principalmente pela escolha do protagonista, o ator Ryan Reynolds, meio canastrão, meio farofa. Porém a Warner divulgou um trailer de 4 minutos para aplacar a fúria dos DCnautas, e parece que conseguiu fazer um filme muito bom.
Na época em que lia quadrinhos de heróis, preferia os gibis da Marvel…

…então estou mais empolgado para ver Thor, que promete muita pancadaria e tem a bela e premiada Natalie Portman de parzinho do deus de Asgard, interpretado por Chris Hemsworth. Odin, pai de Thor, é interpretado por Anthony Hopkins. Os polemicuzões de plantão inventaram histórinha porque o ator escolhido para fazer o Heimdall foi Idris Elba, que é negro. Mas isso é conversa pra quem não tem o que fazer da vida. O que importa mesmo é que o filme trará um dos meus personagens prediletos da Marvel: o irmão mais sinistro de Thor, Lóki.

Na próxima semana falarei de mais dois filmes que tem gerado barulho: X-Men e Capitão América.

Standard